Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



DECIDIR

Segunda-feira, 04.05.09

 

 

Ter poder de decisão, e usar esse poder para aplicar justiça, decidir nos momentos certos, e acima de tudo (principalmente nas pequenas empresas), não se deixar influenciar, é por vezes difícil de levar em frente.

Como já tive ocasião de dizer, trabalho numa grande empresa, líder no ramo, mas que a nível de relações humanas, penso que se tem vindo a deteriorar.

Quando alguém se sente injustiçado e vai reclamar junto do director, a médio prazo, pode ter a certeza que a sua vidinha na empresa (local de trabalho), não vai ser fácil...

Quando se é eventual (contrato a prazo), e se se quer agarrar o emprego, alguma vaga que venha a existir, nada como "lamber" as botas do chefe e ser seu "informador" (nos dias de hoje e com a crise, há muito disto...)

Quando se pretende "engraxar" o chefe, nada  como um pouco de mexerico, o tal "diz que disse", e incendiar um pouco a parada. Não adianta se alguém vai sofrer com isso, o importante é "trazer e levar" do chefe.

Convenhamos, isto só se passa com mentes mesquinhas, e com pessoas que não têm qualquer dignidade, personalidade e não sabem ocupar o lugar....

Infelizmente, os tempos são de crise, e não é de bom tom "metermo-nos"  a justiceiros, mas que por vezes a vontade de arrepiar caminho e fazer "rolar" cabeças, está bem presente...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:07


10 comentários

De Marta a 04.05.2009 às 23:00

Olá Alex,

Mas que mete uns nervos mete não é ?

Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 05.05.2009 às 19:25



Olá Marta,

Mete nervos e ao mesmo tempo uma sensação de injustiça a que nem sempre é fácil virar a cara...

Beijinhos
Alex

De sp a 04.05.2009 às 23:32

Olá Alex, então ontem foi festa a valer... com tantas pessoas... tens uma família grande...

Quanto ao post, sabes isso deixa-me profundamente triste. Ainda há tempos alguém se virou para mim e me disse: Sandra, o mundo é dos espertos, não é dos inteligentes. Fiquei a remoer estas palavras, e eu não concordo com elas...Acho que os valores morais como a verdade, a honestidade, a seriedade devem sobrepor-se ás cunhas, á falta de escrúpulos de alguns, á hipocrisia. Somos nós que fazemos o nosso mundo, e se o nosso mundo é corrupto é porque nós somos corruptos... e isso entristece-me... Entristece-me ver que as pessoas se vendem, não tem amor próprio, e para além disso são capazes de pisar os outros para atingir os seus fins... Entristece-me ouvir algo do género:hoje em dia só se safa quem tem cunhas... E aqueles que têm valor e não têm padrinhos?? A vida é injusta?? Ou somos nós, enquanto sociedade que a tornamos injusta e desigual?? O que vale, é que apesar de poucos ainda há seres humanos que valorizam os valores morais...

Beijinhos e Boa semana de trabalho

De Alexandrino Sousa a 05.05.2009 às 19:13



Olá Sandra,

Infelizmente, sabemos que é assim que funciona. A vida ainda é dos espertos (que nem sempre são os mais capazes), mas acredita que se verifica muito isso. Entristece-me ver pessoas capazes, mas que se "viram " para o seu canto, que não entram em joguinhos, são postas de lado. Felizmente trabalho num departamento onde sempre se primou pelo bom desempenho, pelos concursos, etc, mas e à minha volta?? Tenho pena de ver tanta injustiça

Beijinhos Amiga
Alex

De green.eyes a 05.05.2009 às 10:16

Olá Alex
Este é um mal que infelizmente se sente tanto nas pequenas como nas grandes empresas ...
As pessoas estão a perder toda a sua dignidade .
Mas estar no lugar de chefe também por vezes não é fácil .</a> Por vezes as coisas são pintadas de uma maneira que se leva a crer ser verdade e quando se dá pelo erro por vezes já não é fácil .</a> remediar
O melhor e tentar ser o mais imparcial possível e como eu costumo dizer "não empranhar pelos ouvidos".
Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 05.05.2009 às 19:18


Olá Ana,

é isso mesmo o que disseste (emprenhar pelos ouvidos) - mas ainda se vê tanto isso...E sabes, ainda mais nas pessoas que têm "rabos de palha" - é assim que se diz?? Gostava que fosse diferente o ambiente que me rodeia tanto na empresa, como na sociedade em geral...

Beijinhos
Alex

De calmaparente a 05.05.2009 às 20:40

Infelizmente é assim mesmo. Eu já passei por isso e é dificil não falar, não mandar um berro, o pior é que se fazemos isso estamos a apelar ao lado correcto das coisas mas as pessoas não mudam.
Num mundo de mesquinhice ganha o mais nojento, mas temos que manter a dignidade e ainda que custe o trabalho, a nossa imagem, o que pensam ou não de nós alguem tem de falar, quem cala consente e enquanto ficarmos calados a guerra continua..
Eu não sou mt boa nisto pk sou impulsiva e enoja me gente assim.. mas boa sorte.bj, ah e obrigado pelo coment do Da Vinci, é um artista fantastico.

De Alexandrino Sousa a 05.05.2009 às 21:21



Olá,

Felizmente no meu departamento não existem aquelas situações, mas em meu redor, na própria sociedade em que vivemos, é o salve-se quem puder, mas é como dizes, alguém tem de "fazer barulho".

Beijinhos
Alex

De daplanicie a 05.05.2009 às 21:46

Nem imagina como entendo o que diz! Também no meu local de trabalho se passa isso e é uma coisa absolutamente repugnante! Detesto o lambebotismo e a sabujice! Haja pachorra!
Cumprimentos

De Alexandrino Sousa a 05.05.2009 às 22:02



Olá Luz,

Faz tempo que não lia seus comentários. Espero que esteja tudo bem consigo.
Mas em relação ao texto, mete-me impressão ver aquele tipo de actuações na sociedade. Mas nós gostáva-mos que fosse diferente....

Beijinhos
Alex

Comentar post