Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



VIRTUAL

Quinta-feira, 07.05.09

 

 

  (ficção)

 

"Bateste" na "minha porta",

muito leve, quase não senti,

e entraste, mesmo em hora morta...

Tu és alguém que nunca vi,

és alguém a quem "ofereço" flores,

a quem "envio" perfumes de mil odores,

e não sei de qual  gostas mais...

No meu desassossego liberto "ais",

anseio "tua chegada" tardia,

 e "sinto" teu calor, ou frase fria...

Em cada anoitecer, uma promessa,

uma ilusão, uma crença

num amanhecer melhor...

Amanhã o SOL terá outro esplendor....

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 22:11


14 comentários

De Marta a 07.05.2009 às 23:01

Olá Alex,
lindoooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

"enquanto tal não acontecer
vive inquieto o meu ser
partilho palavras onde queria partilhar olhares
partilho imaginação onde queria partilhar paixão
e sonho que um dia talvez um dia
consiga partilhar mais do que na minha imaginação"


Desculpa não resisti ...

Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 08.05.2009 às 19:00


Marta,

Simplesmente belo e com tanta intensidade...
E como completaria bem aquilo que escrevi. ...
" sonho que um dia talvez um dia
consiga partilhar mais do que na minha imaginação " - lindo mesmo...

Beijos Querida Amiga e Bom Fim De SEmana
Alex

Comentar post