Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mulher vs Deusa

Segunda-feira, 11.05.09

 

 

 

http://www.templodeapolo.net/Mitologia/mitologia_grega/1ger_div/imagens/afrodite/images/afrodite_jpg.jpg

 

Desenhei teu rosto, teu  corpo,

em barro o moldei, e guardei,

mesmo sem te ver...

Eu te imaginei,

rosto sereno, beleza a desprender,

cabelo solto, rebelde,

peito firme, doce prazer,

belo corpo de mulher...

Em meu silêncio, a ânsia de te querer,

te tocar, te seduzir...

Horas mortas, horas sem dormir,

num desejo louco de te possuir...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 21:42


6 comentários

De green.eyes a 12.05.2009 às 11:20

... mas as horas passam, porque o relógio não para.
E de ti nem um sinal ...
A ânsia dá lugar a frustração , e isso aumenta a minha solidão...

Essa solidão que me devora a alma e o coração...


Olá Alex
O seu texto estava lindo, mas ... acho que acabei de o estragar... eu sou assim, muuuuuuuuuito má.
Beijinho

De Alexandrino Sousa a 12.05.2009 às 19:39


Olá Ana,

Não estragaste nada...apenas dizes por palavras tuas, o que, penso, sentimos...

Beijinhos
Alex

De Simbologia do aMoR a 12.05.2009 às 16:31

Oi Alex
É um belo poema!

abraço.

De Alexandrino Sousa a 12.05.2009 às 19:42



Amiga Vera,,

OBRIGADA

Alex

De Chicailheu a 12.05.2009 às 21:19

Olá amigo
Lindo poema de amor!
Obrigada pels sua visita recente ao meu blog. Tudo de bem!
Beijinhos e boa noite
Chicailheu

De Alexandrino Sousa a 12.05.2009 às 21:27



Obrigada Francisca

Saúde e Boa Noite para si

Beijinhos
Alex

Comentar post