Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


IMAGEM DE MIM

Sexta-feira, 13.02.09

 http://sonhoepoesias.sites.uol.com.br/imagens/pedaco-de-mim.gif

 

De frente para o espelho, eternamente calado e frio,

olhei bem no  fundo a cópia severa  de mim,

e pergunto: Porque não entendem o que escreves com brio,

se o que dizes são mágoas cobertas de cetim,

são nuvens sem água, são margens secas de um rio...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:58

DUAS FACES

Terça-feira, 16.09.08

         

                                (da Net)

 

Olho-me ao espelho e não me reconheço...

Na outrora doçura deste olhar

meigo, doce, penetrante cativar,

nasceram marcas, sulcos profundos

que o tempo vai vincando em todos os segundos...

 

Olho-me ao espelho e não me reconheço...

Em meus olhos o verde de traição,

e por vezes o azul do coração,

mas a doçura, a ternura, a paz,

ficaram dentro de mim...aqui jaz.

 

Olho-me ao espelho e não me reconheço...

E no entanto sei que podia mudar...

Alma gémea que vagueias neste mar,

te procuro, preciso teu doce encanto

para acalmar meu ser...meu pranto...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 21:28