Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


cenários...

Segunda-feira, 30.06.14

 

 

de uma frase, 

de uma imagem,

textos, linguagem

que fazem rir...

 

frase por frase

constrói-se o cenário,

num imaginário

perfeito,

como perfeito

é o sentir

de palavra após palavra,

já da máquina desligada,

continuar a sorrir...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:32

palavras mal(ditas)...

Quinta-feira, 29.05.14

 

 

vêm no vento as palavras que foram ditas,

sonhadas, e que julgávamos abençoadas

por um deus um dia inventado.

uma a uma são decifradas

e já não dizem nada, tudo é vazio,

nem existem como caracteres desenhados...

 

devolvo-as ao vento, ao tempo passado,

em formato amarrotado

como quem faz bola de papel...

se eu fosse jogador, mesmo jogador de rua,

chutaria bem longe a bola, se possível até a lua,

ou até saturno, em forma de anel...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:15

palavras...

Terça-feira, 03.12.13

 

 

encantam-me as palavras não ditas

mas que leio nos teus olhos, escritas

em tons doces de mel,

e que soletraria letra a letra

como que lendo em folha de papel...

 

mas se ao ler, teus olhos sorrir,

podes crer, irei á raiz da escrita

onde não há engano, nem forma de fingir,

teu pensamento, teu coração,

onde o amor tudo regista...






 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:41

retrato....

Terça-feira, 26.11.13

 

 

 

de que falam os olhos que nada vêm,

se não vêm a cor da palavras,

as expressões das sílabas,

ou o sentido que contido têm...

 

nos olhos, uma venda , um lacre,

nas mãos, uma folha de papel,

uma caneta... ah, e quero um banco no jardim...

dêem-me o som dos pássaros,

e eu desenharei o céu em tons pastel

e um retrato nu, um nu repartido de mim...




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:06

é tarde...

Domingo, 10.02.13

 

 

 


é tarde e nada escrevi

do tanto que havia para dizer...

queria te falar dos sonhos,

das estrelas,

queria te falar do mar,

do sol de Agosto,

queria te falar do sorriso da manhã

e do silêncio da noite...

 

queria te falar pelos meus dedos,

que tão bem combinam com tua pele

em carícias que só eles entendem...

e assim, em palavras que se perdem,

abeira-se de mim a saudade

dos teus beijos, que nos meus lábios escrevem...



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 18:45

palavras ao vento...

Sábado, 19.01.13

 

 

 

dizes-me palavras que eu não entendo,

uma vezes vestidas pelo sol do verão

outras tão enrugadas pelo frio do inverno...

quer minha alma perceber

se as lendo, amanhã será primavera,

ou virá o Outono da vida.

não me fales nunca, palavras

que não sabes o que querem dizer,

ou se sabes, faz de conta,

deixa assim a vida correr...




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:01

meu jeito de escrever...

Quarta-feira, 16.01.13

 

 

 

sei que não tem mais jeito

este meu jeito de ser...

escrevo sobre a terra, sobre a lua,

escrevo sobre o mar, o areal,

sobre crianças que brincam na rua,

sobre meu jardim, este em fase terminal...

 

mas sinto que são palavras ocas,

descritivas, quase banais...

as palavras que eu sei dizer,

tantas e tantas e são tão intemporais,

essas não me canso de escrever...

talvez porque as sei de cor, são sempre iguais...

 

olho-me ao espelho mais uma vez,

e de tanto olhar, imagino ali tua imagem

perfeita e definida, não, não é miragem,

nem uma certeza, mas um talvez

de que o amanhã há-de vir,

e juntos ao espelho, um dia vamos sorrir...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:06

Escrita com cor...

Segunda-feira, 05.11.12

 

queria desenhar palavras

com os sons de nosso amor,

escrita fácil, sensual,

palavras fáceis de entender

mas tão difícil de escrever..

que importa a escrita com cor,

se tudo o que poderia dizer

só o coração saberia ler...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:16

Teu Olhar...

Terça-feira, 23.10.12

 

 

Agora sei-te minha,

de corpo e alma,

como só os infinitos amores.

 

Agora que as trevas deram lugar à luz,

e que as palavras, antes incertas,

são poemas do mais profundo sentir...

 

Agora, já posso adormecer nos braços da lua,

ou baloiçando olhando as estrelas,

ou te esperando numa qualquer estação...



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:52

Apenas palavras...

Sábado, 01.09.12

 

 

faz-se tarde no silêncio da noite...

e neste silêncio as palavras ditas e repetidas,

fazem eco, ganharam espaço,

passam a fazer parte da vida,

uma vida que se quer longa, partilhada, "vivida"...

ainda que passo a passo...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:41