Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


já não há aves no céu...

Sábado, 16.03.13

 

 

 

faz tanto tempo que não vejo aves no céu...

 

lembro dos bandos de andorinhas

que esvoaçavam e brincavam por cima dos quintais.

lembro dos ninhos que faziam nos beirais,

e dos sonhos que nasciam no meu imaginário.

 

como se a chegada das andorinhas,

fosse a boa nova há  tanto tempo esperada,

onde os dias teriam sabor a mar, e a madrugada

o inicio das longas manhãs que seriam de sol...

 

chamo por ti primavera dos sentidos,

pelo renascer da vida, pela cor da vida,

pelo gotejar da água em cada ribeira perdida,

pelos bandos de aves esvoaçando no ar.

 

e se eu pudesse, se tivesse asas de condor,

se nelas trouxesse um jardim em composição,

eu daria, eu ofereceria a teu coração,

e as gotas de chuva seriam melodias de amor...

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:23

Sábado de manhã...

Sábado, 16.03.13

 

 

 

podem ser pingos de chuva que teimam em cair

atrasando o renascer da primavera,

podem ser nuvens cinzentas e lentas no céu

não deixando ver o brilho do sol...

mas tudo junto, não é nada, apenas e talvez um véu,

quando dentro de nós está um jardim a florir....




 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 11:49

Primavera...

Quinta-feira, 07.03.13

 

 

 

fez-se noite tão depressa, tão rápido,

e eu ainda sonhava ver o azul do céu,

os raios de sol brilhando no espaço...

mas o céu esteve triste, de um cinzento

que de tão negro, chorava lágrimas de chuva...

assim, é tão monótono o entardecer...

e tu primavera, dos verdes prados,

dos jardins vivos e coloridos de flores,

para quando o encontro com os amores??



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:46

Os sonhos e a vida...

Terça-feira, 26.02.13

 

 

foi na manhã, ainda o sol nascia

e um manto de geada o monte cobria...

sonhaste,

sonhaste como sonham as andorinhas

pela chegada da primavera,

ou as pedras coçadas na calçada

pelos passos perdidos da madrugada...

sonhaste...

e teus sonhos eram fantasias,

bolas de sabão lançadas na brisa,

pétalas de flores de doce aroma,

poemas de amor e paixão...

teus sonhos, podiam ser uma canção...




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:17

Árvores do meu jardim...

Domingo, 09.12.12

 

 

 

parecem tristes

as árvores do meu jardim,

sem folhas,

braços estendidos ao frio, à chuva,

como que antevendo o fim...

 

mas não, apenas estão dormindo...

e eis que me segreda uma ao ouvido:

"logo, logo será primavera,

e em cada ramo,

na folhagem que me vai cobrir,

haverá festa, passarada a sorrir,

a fazer amor, gestos de carinho..."

 

se eu pudesse, se eu fosse passarinho,

voaria naquela árvore,  e iria pedir

se me deixavam fazer um ninho...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 16:51

Domingo de manhã...

Domingo, 22.04.12

 

Abri janelas de par em par,

levei meu olhos ao horizonte,

perscrutei o vazio do silêncio...

Nem sinais de movimento no ar

ou de algazarra nos beirais...

Andorinhas, por onde andais?

Primavera, por onde adormeceste?

 

E no silêncio do Domingo cinzento,

ainda com a voz trazida pelo vento,

relembro os textos que escreveste...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 11:21

A Força do Vento

Sábado, 14.04.12

 

 

que pressa é essa vento que sopras,

se longe estão meus pensamentos

e não os confio em teus braços...?

 

que pressa é essa vento que sopras,

expulso, perseguido do lado do mar,

quando espero novas do lado norte...?

 

que pressa é essa vento que sopras

que me incomoda, me entristece,

porque de calma, meu coração implora...

 

Prendam o vento, cortem-lhe as asas,

que brilhe o sol, que se escondam as nuvens,

eu quero é a paz da primavera,

sentir o cheiro das flores, o seu desabrochar,

sorrir, cantar, por aí em constante pular,

sentir o bater contente de meu coração... 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 17:36

Primavera em Flor...

Sábado, 31.03.12

 

 

Na minha varanda,

feita de sonhos e de flores,

nascem ninhos de aves

como grutas de amores,

e, sem ninguém ver, pesquiso,

e sinto-me no paraíso

por fazer parte deste mundo...

 

Imagino também ter um ninho,

não de ramos ou de ervas,

mas de flores na primavera,

cheirinho a rosmaninho,

decorado de amor e paixão,

e onde na noite se veja o céu,

embalado nos braços do amor meu...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 17:01

Porque chegou a Primavera...

Terça-feira, 20.03.12

 

Vestem-se de verde, de flor,

as árvores do meu caminho,

que cumprimento uma a uma

como se fossem pessoas,

que respondem com carinho

largando pétalas na rua...

 

E eu sorrio de alegria

na manhã soalheira, mas fria,

e em cada raio de sol,

envolvo uma rosa vermelha,

vermelho como a paixão

que ofereço ao meu coração...

 

E assim, fiz um jardim...

um jardim só para mim...

Primavera sempre em flor

num Coração brotando amor...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:14

Flores de Inverno...

Sexta-feira, 27.01.12

 

 

 

 

Repara,

como desabrocham cores

árvores em flor

nessas avenidas...

Sim, são magnólias,

são cameleiras,

de todas, as primeiras

flores de inverno...

São esperança no dia a dia,

na primavera que se adivinha,

são um sorriso na manhã,

e eu retribuo com um "Olá"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:49