Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



apenas eu... e o silêncio...

Sábado, 24.05.14

 

 

remete-se ao silêncio,

ouvindo o silêncio,

os sons da alma...

 

tão claro o silêncio,

tão visível,

tão transparente...

 

mede cada palavra,

cada sílaba,

e sente o que sempre sentiu...

o silêncio não mente.

 

olhos nos olhos,

o silêncio entre os lábios

e o sentir do bater do coração...

a alma lê... a alma sente....

 

tão claro o silêncio,

tão visível,

tão transparente...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 16:52


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.