Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



faz vento lá fora...

Segunda-feira, 18.05.15

 

cada árvore embalada pelo vento

é como uma história, um livro,

folhas inacabadas, 

no dia a dia revisitadas

procurando um fim no tempo...

 

de nada adianta suplicar:

"vento, pára, tem dó, 

tão frágil o ser, tão carente,

como um ser humano ausente,

perdido, sem porto onde ancorar..."

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:24


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.