Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



foi tão pouco...

Quarta-feira, 11.09.19

mulher só.png

hoje sei que não te dei tudo,

e tudo o que tinha era tão pouco...

levava-te as palavras e os sonhos,

e tu acreditavas,

e ao contar-te, também eu acreditava

como acreditava que não havia noite,

mas madrugadas sem fim.

também acreditava quando me dizias

que o fim da rua era o paraíso,

e não apenas o virar da esquina...

 

acreditava-mos num mundo só nosso...

 

sabes, hoje sei no que acredito,

nos olhares que por mim passam e nada me dizem,

nas pedras da calçada

onde tropeço a cada instante,

nas longas noites entre quatro paredes...

e por acreditar, já não há sonhos, nem palavras...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 11:48


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.