Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



meu relógio...

Segunda-feira, 12.05.14

 

 

 

 

horas tantas, e tanto o silêncio

nas tantas horas que o relógio tem...

compassadamente, gira, gira,

enjoa o espírito de tanto vai e vem...

 

e neste silêncio, mata a alma,

noite após noite, dia pós dia,

até que um dia, morra o relógio também...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:27