Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



na noite...

Quinta-feira, 15.01.15

 

http://prosasdeoutono.blogspot.pt/2015/01/na-noite.html

 

estás só na noite, ouvindo o vento,

a chuva que forte bate na vidraça...

abres um livro, onde lês cada linha do desassossego

como se fosse o ar que respiras,

mesmo sabendo que são iras do medo.

os cigarros queimam-se a cada pensamento,

e a bebida à muito que secou...

sim, estás só na noite e no tempo,

e este conspira contra ti, segreda-me o vento...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:40


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.