Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



nas minhas mãos...

Quarta-feira, 22.10.14

 

 abro minhas mãos 

como se uma ave fosse voar,

ou um segredo a revelar...

foram estas mãos,

agora "presas" pela solidão,

antes portal de teu coração,

que elevo aos céus...

queira o vento,

o passar do tempo,

que me traga recados teus...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:02