Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



ondas ao vento...

Segunda-feira, 23.09.19

ternura.jpg

como se pudesse navegar

nas ondas de teus cabelos,

preparo meu barco de brincar,

casco de seda, onde as velas são meus dedos...

 

navego sem destino,

com tanto a descobrir

num corpo em desatino

ávido de prazer e sentir...

 

meu porto de abrigo?

meu areal estéril e perdido?

assim és tu, meu descontentamento,

rio árido, leito de tormento...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 10:51


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.