Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



outros horizontes...

Sábado, 31.05.14

 

 

abro meus horizontes,

minhas fronteiras,

e todos os caminhos agora são meus,

estradas, avenidas,

até o caminho das estrelas,

tudo está à minha frente

 

como quem viaja, e vê uma miragem,

no pensamento, a fantasia

dos loucos, a fugaz alegria 

de que é possivel seguir sempre viagem.

 

abro meus horizontes,

minhas fronteiras,

agora sem portagens, sem montanhas,

sem mar, sem rios, sem pontes,

apenas avenidas de flores e cor,

árvores ladeando quem passa em esplendor...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 14:05


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.