Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



registos...

Sábado, 09.08.14

 

 

 

um após outro, todos os registos

renascem, como palavras vivas

que ditam ordens, preces...

 

vestem-se de cores vivas, alegres,

perfumados pelas flores do campo,

e enfeitados pelos cachos da vinha...

 

dançam... dançam como só os loucos

ou os inebriados pelas drogas,

e quem os lê, desfalece,

que de saudade, a alma padece...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 15:57


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.