Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



sonhos e fantasias...

Domingo, 27.04.14

 

 

 

foi na tarde de domingo

que lancei as palavras ao céu,

desse no que desse,

quem as apanhasse,

talvez adivinhasse

o que minha alma escreveu...

 

ou então, quem sabe soubesse

o destino das palavras,

a alma pura onde coubesse

cada verso, cada suplicio de saudade,

como testemunham cada tarde,

o dia, a noite, cada prece...

 

são as tardes de domingo

tardes de todos os dias,

de todas as estações,

tardes de sonhos e fantasias...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:36


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.