Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


amor e fantasia...

Domingo, 20.01.13

 

 

preciso de teu calor,

desse sangue que te corre nas veias

e seca teus olhos, teus lábios,

como se um vulcão em chama.

 

abraço-te,

meus dedos, esguios dedos,

percorrem teu corpo

e se perdem nos enredos.

 

beijas-me,

incendeias meu corpo

com a lava rubra do amor,

e aos meus olhos, renasces em flor...

 

é suave o chão de areia

onde se devoram corpos insaciáveis,

e teus olhos ganham lágrimas,

e teus lábios ficam molhados,

e teu corpo no meu, imutáveis,

olhando o céu como rochedos no mar...

 

um dia, se Deus quiser, vamos voar...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:24

Dançando nas Nuvens...

Sábado, 19.05.12

 

 

A música ouve-se nos confins do universo,

e a nossos pés, nuvens de fino algodão,

onde saltamos, dançamos, música no coração,

e tudo o mais ficou longe...tão disperso...

 

Segredas-me ao ouvido palavras belas,

que de tão soltas, pairam, baloiçam no ar,

são palavras ditas e reditas do verbo amar,

que nos fazem chamar, tocar as estrelas...

 

O Sol e Lua, enamorados, fazem-nos companhia,

um ao anoitecer, outro no amanhecer,

e a seu jeito, se beijam, com prazer,

irradiando luz, sonhos, quimeras, fantasia...

 

A música ouve-se nos confins do universo,

e tudo o mais ficou longe...tão disperso...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:13

Porque chove...

Quarta-feira, 18.04.12

 

 

São águas de Abril a chuva que cai,

que delicadamente tudo rega,

que de tom cinzento pinta o céu, antes azul,

e o dia que mais cedo se vai...

 

Sim, são águas de Abril a chuva fria,

momento esperado, tão desejado,

como se amando sob um céu molhado,

o êxtase do amor fosse hino á alegria...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:07

Fantasias I

Quarta-feira, 13.01.10

 

http://www.wallpapers33.com/images/wallpapers-fantasia-h.jpg

 

Os meus sonhos são fantasias,

como fantasias o que escrevo,

e aqui digo, até me atrevo,

a falar de coisas sem sentido,

sendo até incompreendido....

 

Mas a vida veste-se de fantasia,

azul, rosa, que importa a cor,

se assim viver é bem melhor,

e ao levantar-me em cada manhã,

um despedir-me da noite... "até já".

 

Doce, terna, amante a noite,

dos que vivem e sabem fantasiar,

dos que têm arte no amar,

e assim seja breve o dia,

para em ti noite... viver fantasia...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:50

AMOR SEM LIMITES

Quinta-feira, 23.07.09

 

https://1.bp.blogspot.com/_P34f5oOa7cM/SYDv2ekhJ5I/AAAAAAAAN7s/20cOOi0t4a4/s400/Lagoa.png

 

Sinto que meu corpo treme,

meu olhar não descansa,

meu coração alterado, balança,

e eu me pergunto mais uma vez:

será que ela vem até aqui??

Fecho os olhos, tento fingir

que tudo está bem, tento sorrir...

Conto as horas mais uma vez....

 

Ouço teus passos no corredor,

passos certos que já sei de cor,

e meu coração acelera, rejubila,

esta será a noite prometida,

noite sem horas de chegada ou partida,

será a noite de muito amor.

 

Toco-te com querer maior,

como que a medo de não te dar tempo...

Tanto imaginei, sonhei cada momento...

Olhamo-nos olhos nos olhos

e dentro de nós arde o desejo, o calor,

todo o tempo será pouco para o amor...

 

Corpos semi nus, em desassossego,

beijos, carícias, jogos sedutores,

prazer em alta, arrebatador,

e as peças de roupa que ficaram,

são rasgadas numa ânsia animalesca,

e num âpice, dois corpos ficam num só...

 

Amor, doce e grandioso Amor,

deixa acontecer, deixa percorrer

toda uma seiva de êxtase,

nossos corpos são agora um só,

e tudo o que mexe é vida a correr...

Só mais uma vez...deixa acontecer....

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:51

À Flor da Pele

Sexta-feira, 17.07.09

 

 

 

 

http://srv0204-05.sjc3.imeem.com/g/p/5a0b70a9a789448fe54b6ed62443716b_web.jpg

 

 (Ficção)

 

Sinto tua respiração em meu pescoço,

e esse teu hálito que reconheceria em qualquer lugar...

Beijas-me...são tuas carícias que me fazem sonhar,

brotar desejos à flor da pele, impulsos sem regras,

Sofreguidão... no fundo o meu jeito estúpido de te amar...

Que mais pode um homem dizer sem mentir,

se em nosso olhar, num simples sorrir,

a prova, a declaração do pecado que mora em nós,

a provocação, o intenso chamamento para ficarmos sós...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:48

Na Despedida

Segunda-feira, 02.03.09

 

Em especial para  Carine e Vanessa

 

Olhas meu rosto e adias

o que tens para dizer

No amanhecer

eu sei que vais partir

teus olhos me disseram

o que meu coração já sentiu

 

E meu coração chora

sem nada poder fazer

e meu coração chora

porque te vou perder

porque te vou perder

 

Mas eu sei que vou te amar

para sempre vou te amar

e as estrelas lá no alto

que viram nossas juras de amor

também choram de dor

 

E nossos lençóis de Amor

nossos carinhos

serão apenas momentos

na memória dos tempos

 

Não não digas nada

ao fechar meu olhar

parte para não me veres chorar

e se um dia lembrares de mim

colhe uma flor de teu jardim

 

E meu coração chora

sem nada poder fazer

e meu coração chora

porque te vou perder

porque te vou perder

 

Mas eu sei que vou te amar

para sempre vou te amar

e as estrelas lá no alto

que viram nossas juras de amor

também choram de dor

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:40

AMOR ETERNO

Domingo, 18.01.09

 

(texto de ficção)

 

Os anos por nós vão passando,

e em cada um de nós, as cicatrizes,

as marcas do tempo, lembrando

momentos alegres ou menos felizes...

E no entanto, o sentimento se mantém...

E como no primeiro dia, posso dizer:

"Eu sei que sempre vou te amar"...

E aquando o primeiro e longo beijo,

em que nossos lábios sentiram prazer,

ou no  primeiro encontro, em que o desejo

falou mais alto, tanto querer...

O que mudou?  Nada, posso dizer...

Sim, os anos por nós vão passando,

ilusões, sonhos ainda por terminar,

sensações únicas, e vou lembrando: 

"Eu sei que sempre vou te amar"

Para sempre te quero amar,

em cada noite, ou nascer do dia,

em cada praia, ou rua vazia,

no cume da serra virada para o mar...

De que serve o local, ou o dia,

se para o mundo vou gritar:

"Eu sei que sempre vou te amar"

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 18:54

PRECISO TE FALAR

Domingo, 11.01.09

 

 http://sonhareviver.zip.net/images/sonhos.jpg

Deixa-me te falar,

deixa-me te dizer,

o que preciso fazer

para deixar de te amar...

Assim  não consigo viver,

não consigo pensar...

Tu ocupas todo o meu ser,

meu intimo mais precioso,

minha vida,

minha noite e meu dia,

minha cama fria,

e minha alegria perdida.

 

Deixa-me te falar,

deixa-me te dizer,

que não sei o que fazer

para deixar de te amar...

 

Deixa-me te falar,

deixa-me te dizer...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:17

ENSAIO SOBRE O AMOR

Sexta-feira, 19.12.08

 

                                                               (da Net)

Amor...Amor é fogo que arde sem se ver...

(como bem dizia o poeta).

Amor é ilusão,

é uma castração de vontade,

quantas vezes humilhação...

Amor é entrega, bondade,

é um querer ser prisioneiro

numa "prisão" sem grades...

Amar é dor permanente,

é sufoco sempre presente,

é amuar por tudo e por nada

qual criança mimada.

Amor é ver alguém partir,

são lágrimas no rosto a cair

num Adeus até sempre...

Amar é ajudar alguém,

alguém que não tem ninguém,

a criança abandonada,

a idosa escorraçada,

a sociedade mal formada...

Amor é um pássaro no jardim

um ninho de aves a construir

um botão de flor a abrir

Um raio de Sol a sorrir...

Amor é um sentimento nobre

é o que faz girar este nosso mundo

é o que temos de mais profundo

é o dar tudo, e não ser pobre...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:32