Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


porque brilha uma Estrela...

Sexta-feira, 13.09.19

estrela no céu.png

os homens têm o dom da criação,

e como tal, inventaram um dia especial

de luzes, cor, movimento,

montras de tudo e de nada, de ilusão,

e no calendário, baptizado de "Natal"...

as crianças riem e choram,

zangam-se ou imploram

por aquele brinquedo tão banall!!

lá no alto, no firmamento,

aquela Estrela, luz brilhando,

ou talvez chorando

lágrimas de sangue ou de sal,

por tanto reboliço na cidade...

Eu? inquieto-me e escondo a verdade...

também fui corrompido,

e no burburinho perdido,

neste mundo tão vazio, tão material...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 18:14

olhando as estrelas...

Sábado, 29.04.17

 

olhando estrelas.jpg

 

de onde vem este querer,

não querer,

este bem estar,

sem estar,

este constante palpitar,

como quem ousa viver

numa ilha perdida, isolada,

entre as estrelas e o mar?

perdido, errante, qual caminhante

sem tostão na algibeira,

segue em frente,

sem cidade que o acolha,

sem paragem na fronteira,

apenas e só o querer,

o estar

num qualquer barco sem remo,

baloiçando,

sonhando,

sempre que uma estrela brilhar...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:34

bom domingo...

Domingo, 08.02.15

 

elevo minhas mãos ao céu,

azul, quase transparente.

apetece entrar nele,

correr, voar, seguir em frente

como andorinhas na primavera.

colher flores algures no paraíso

e voltar, voltar a este inverno,

onde a saudade criou raízes...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 11:11

sei-te de cór....

Terça-feira, 16.12.14

 invento uma estrela,

um ponto mais brilhante

num céu só meu...

invento um sorriso,

e num compasso,

num simples passo,

apareces, radiante,

ou tão somente... bela!!

tu és a estrela...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:25

nas minhas mãos...

Quarta-feira, 22.10.14

 

 abro minhas mãos 

como se uma ave fosse voar,

ou um segredo a revelar...

foram estas mãos,

agora "presas" pela solidão,

antes portal de teu coração,

que elevo aos céus...

queira o vento,

o passar do tempo,

que me traga recados teus...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:02

céu azul...

Quinta-feira, 01.05.14

 

 

passam as nuvens, voam

deixando ver o céu azul

e eu só queria ver o céu azul

o azul dos sonhos,

o azul da infância,

sem nuvens, sem sombras...

 

nuvens que passais,

sombras, ou almas viajantes,

descansai, que os passos errantes

do caminhante sem destino

tenha o azul do céu por companhia

uma luz, um anjo no caminho...

 

meu anjo da guarda

minha lembrança de menino

(sim, sempre lhe rezava em pequenino)

olha por mim... não quero ir na nuvem que passa...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 14:35

como um rio...

Segunda-feira, 10.03.14

 

 

 

como um rio

que em desafio

segue entre margens,

como um barco

remo a remo

contra a corrente,

teimosamente

lanço amarras

onde nada me prende...

 

ao longe,

uma estrela cadente

e mais mil a brilhar

num céu infinito e presente...

 

num olhar sereno,

ausculto a alma

e não vislumbro paz...

nada a satisfaz...

tanto luto..tanto enredo...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:26

um mundo só meu...

Segunda-feira, 24.02.14

 

 

sei de um mundo,

um mundo que é só meu,

onde os rios são verdes prados

e os mares tapetes voadores,

onde as flores são perfumadas,

e as árvores tocam o céu...

 

Um dia, ramo por ramo,

com a certeza dos sonhos,

subirei, subirei bem alto,

saltando de estrela em estrela,

e falarei com a lua...

ah se a lua me quisesse perto dela...

 

sei de um mundo,

um mundo que é só meu,

onde as lágrimas se sumiram

e os sorrisos renasceram,

onde as palavras suspiram

nos corações que em vão sofreram...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:24

em modo de destilação...

Sexta-feira, 24.01.14

 

 

 

destilo todo o veneno que mora em mim

por entre as sarjetas das ruas desertas...

limpo, de coração puro, olho as estrelas

e até reparo que nunca brilharam assim,

e aos meus olhos ficaram ainda mais belas...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:36

barco de papel....

Quarta-feira, 15.01.14

 

 

 

sereno o mar, sem ondas,

sem a espuma se espreguiçando no areal...

como criança brincando com barco de papel,

entro mar dentro, sonhando navegar

até tocar linha do horizonte...

 

meu mar, meu céu, meu pôr do sol,

recanto dos sonhadores,

partilhado pelos amores

das horas tardias...

 

meu barco, barco de papel

sem remos , sem vela,

é uma aguarela

assim como o mar azul, num sonho azul,

numa foto já amarelada pelo tempo...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:42