Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Canção de Embalar

Sexta-feira, 16.04.10

 

 

 

https://1.bp.blogspot.com/embala-me1.jpg

 

Te ofereço meu colo, meu ombro,

te ofereço meu abraço amigo,

minhas palavras, meus sonhos,

minhas fantasias, meu querer...

 

Te ofereço as manhãs de primavera,

o cheiro das flores de laranjeira,

o cantos das  aves a nidificar,

o cheiro da terra ao cair a chuva...

 

Te ofereço raízes para ficar,

um céu azul que te fará acordar,

este imenso mar que te fará sonhar,

uma noite de estrelas para viajar.

 

Te ofereço meu canto na noite,

meu embalo na escuridão,

meu calor, meu aconchego,

meus beijos, meu amor...

 

Ah, se tu não quiseres acordar,

entenderei... ficarei feliz,

Foi doce e suave meu embalar,

foi melodia que para ti fiz...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:04

CANÇÃO DE EMBALAR

Terça-feira, 19.02.08

 

 

Envolta nos lençóis de linho,

olhos abertos fitando o nada,

te embalo devagarinho...

Seguro teu corpo,

aconchego teu rosto,

te conto uma história...

E ao "piscar" de teus olhos,

encosto meu rosto ao teu,

te falo baixinho,

nem mais um gesto

ou murmurinho,

já vais adormecer...

Admiro teu olhar sereno,

meigo, calmo,

Pareces um Anjo...

Qual guardião

fico de plantão,

Não vá alguém te acordar.

 

Dorme bem,

sonha com os Anjos,

esquece o dia-a-dia,

este mar de agonia...

Sonha com as estrelas,

tu és parte delas...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:04