Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


tão depressa...

Sábado, 13.01.18

noite.png

 depressa se fez noite

e havia tanto por fazer...

depressa se foi a juventude

e tanto ficou por aprender...

depressa chegará o fim de tudo,

sem cumprir as penas, por querer viver...

mas na paz do final dos tempos,

fixarei teu olhar

e partirei, doce encanto, eterno embalar...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 18:23

Rumo ao Infinito...

Sexta-feira, 01.06.12

 

 

 

como são belos e melodiosos

os sons vindos do universo,

das estrelas, dos anjos, do espaço...

 

deixo-me envolver,

sinto até ser levado em braços

numa corrente viva,

e nada vejo, nada quero ver...

 

chamo teu nome em forma de vida,

segue meus passos, meu caminho,

rumo ao infinito, ao eterno,

onde a paz é luz no dia a dia,

onde o amor é o alimento eterno,

sereno, eternamente saciado...

 

como são belos e melodiosos

os sons vindos do universo...

 

como são autênticos

os sons vindos de teu coração,

que "ouço" no teu olhar profundo...

 

como são belos e melodiosos

os sons vindos do universo...

os sons vindos de teu coração,

que "ouço" no teu olhar profundo...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:15