Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


em de(composição)...

Quinta-feira, 30.10.14

 escrevo num quadro,

fundo branco, algo piscando...

 

sem ser pelo punho da mão,

vai nascendo a composição

em formato memorando,

e emocionalmente tão virtual.

 

cada palavra, terá sempre um sentido,

mas logo à nascença perdido

nesta encruzilhada de linhas 

neste objecto sem rosto.

 

desligado da vida

mas acarinhado por gosto,

sempre fica triste a despedida

quando a composição parece renascer.

 

em formato memorando

e emocionalmente tão virtual,

ficam as frases, carentes do tempero, do sal,

almas perdidas, no tempo e no querer...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:39