Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Que desilusão, PSD...

Sábado, 08.09.12

 

Todos nós ambicionamos melhores dias no amanhã, todos nós acreditamos que temos direito a um futuro melhor...

E também nos deixamos acreditar quando alguns políticos movidos por interesses que nem conseguimos antever, mentem descaradamente para conseguirem seus objectivos.

Desde sempre acreditei no PSD como partido reformista, capaz de fazer melhor que o governo anterior, e que é capaz de pôr o país a "andar". Desde sempre achei que este partido teria pessoas muito competentes para de uma forma inteligente e sem mentira, governar bem, para o povo, para o país...

Porque não acreditei em candidatos que o PSD lançou para a praça, faz alguns anos, e levado pela suposta honestidade de José Sócrates, no PS votei, e votei nos dois mandatos, se bem que a meio do segundo mandato, reconhecia que havia feito asneira, asneira da grossa... O sr José Sócrates afinal estava a servir a sua clientela politica, os seus amigos,  com  a politica do betão, estava a custar admitir que o país estava mal e que precisava de uma reviravolta, e mesmo no plano pessoal quanto ao seu passado, as coisas não estaria a correr muito bem (veja-se o caso Freeport de Alcochete)...

"Vi" honestidade, coragem em Passos Coelho para a mudança, e para a necessidade de o mais rapidamente se pedir empréstimo externo, já que de PEC em PEC, nunca mais lá chegaríamos... Era preciso uma politica de verdade. E assim, ainda com Sócrates e com a pressão do PSD, lá veio pedido do empréstimo.

Nunca, mas nunca me passou pela cabeça que apesar de o País estar mergulhado num abismo, o governo actual viesse com tamanha vontade de constantemente vir sobre os trabalhadores, exigir mais e mais impostos. A um governo exige-se medidas duras é certo mas que tragam resultados, que se comece a ver luz ao fundo do túnel...

Na campanha, e nós sabemos como é, muito se prometeu e muito se disse o que nunca se faria, e neste aspecto este governo tem sido de um atrevimento na mentira que mete dó...

Fiz "campanha" pelo PSD, apostei forte num governo de centro direita, e sou obrigado a admitir que mais uma vez fui enganado pelo poder politico, e quando assim é, é um descrédito para a democracia.

Agora também gostaria de dizer o seguinte, coitados dos trabalhadores que se deixam levar pelas falinhas dos lideres extremistas, pelos lideres das centrais sindicais, quando sabem, que neste momento nada há a fazer. O governo tem maioria absoluta, governa a seu jeito até final do mandato e quer queiramos, quer não, só nessa altura haverá mudança... A não ser que haja algum golpe de estado, mas nós não estamos na América latina nem em África... Politica na rua, manifestações de protesto, não levam a lado nenhum, quando muito levam a desacatos... e isso, nós não queremos (veja-se a Grécia)...



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:59

Entrevista de Sócrates

Quarta-feira, 22.04.09

 

Ontem, apesar de programada a minha caminhada habitual ao principio da noite, quis assistir à entrevista do primeiro ministro ao canal 1 da RTP.

Tinha esperança de que com os dois jornalistas presentes (Judite de Sousa e José Alberto Carvalho), fosse uma entrevista com elevação, sem rispidez, e até com algum à vontade de toda a gente. Penso que não foi isso que se verificou (será que não aprendemos nada, com as entrevistas que se fazem noutros países?).

Judite de Sousa, de forma ríspida e fazendo uso constante de textos de Cavaco Silva. José Alberto, sem a acutilância que lhe conhecia quando pivot da SIC.

Claro que senti José Sócrates muito à vontade frente aos jornalistas, e tiro-lhe o chapéu para as respostas prontas que teve para praticamente tudo. De uma coisa é certa, este governo entrou com  ideias de reformas e é certo que se fizeram algumas (só quem não quiser ver é que diz o contrário). Também é certo que algumas tentativas de reformas provocaram muita polémica (como é o caso da educação). Também lamento a obsessão pelas grandes obras que a todo o custo quer levar em frente.

Agora pergunto, outro governo teria feito melhor?Se neste momento ainda lá estivesse outro do género Santana Lopes, o país estaria melhor? pessoalmente não acredito.

Brevemente vamos ter eleições. Nas últimas, por sinal votei PS contrariamente ao meu passado que votei sempre PSD. E nestas, o que irei fazer?? A Drª Manuela Ferreira Leite não me cativa, nem as suas propostas (vou lá saber porquê), e os restantes partidos, eventualmente alguma fascinação pelo Bloco, mas isso seria um acto de demagogia da minha parte, pois o país dos sonhos não é aqui em Portugal...Então o que fazer?? Não votar??

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 19:03