Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


MÉRITO (parte 3)

Quarta-feira, 23.04.08

 

E para acabar o assunto das competências e dos méritos, após longo meditar penso que posso enunciar uma série de postulados sobre avaliações, que qualquer administração poderá por em prática, a saber:

 

1 - O "capital" humano é parte integrante de uma empresa, insubstituível...

 

2 - A administração deverá ter certezas sobre a qualidade e sanidade dos seus quadros (avaliadores)

 

3 - A administração terá todo o empenho em ver os seus funcionários unidos e motivados para as tarefas do dia a dia.

 

4 - A análise do mérito individual, será sempre objectiva, mensurável e de dupla análise (não será feita por uma só pessoa)

 

5 - Os objectivos de cada um (justos, perceptíveis, alcançáveis), tenderão para os objectivos da empresa, isto é, o engrandecimento geral

 

6 - Cada funcionário terá direito a ver esclarecido qualquer ponto discordante, para que se mantenha o bom "clima" e o diálogo entre as partes.

 

7 - O absentismo será ponto forte na penalização no mérito

 

8 - A administração fará saber que em caso de ano em termos de vendas não corresponda ao expectável, poderá ser revisto no ano seguinte a aplicação ou não do mérito.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 22:13

COMPETÊNCIA vs MÉRITO (parte 2)

Terça-feira, 22.04.08

 

E divagando mais um pouco sobre competências e incompetências , chegamos ao ponto fulcral em que se deva reconhecer mérito a quem o merece (os competentes).

 

Mas o mérito pode ser banalizado , "popularizado", não ter o efeito pretendido de premiar quem merece, mas tão somente dividir um bolo pelos funcionários.

 

Esta situação poderá ser mais grave do que se não houver "bolo" nenhum, cria vícios, habituações, rotinas...

 

Um prémio, é um bem, uma prenda, um agradecimento...

 

Mas esse prémio deverá ser dado a quem o merece, e para isso terá de ser avaliado, submetido a "exame"...

 

E terá a empresa avaliadores isentos, capazes, dignos de avaliar alguém??

 

Ou terá a empresa encaminhado por "caminhos" tortuosos, íngremes , escorregadios, que apesar de difíceis , poderão "aliviar" os avaliadores da ingrata tarefa? 

 

Difícil falar sobre avaliações, méritos, competências, tanta a subjectividade do assunto...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:58