Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


como um rio...

Segunda-feira, 10.03.14

 

 

 

como um rio

que em desafio

segue entre margens,

como um barco

remo a remo

contra a corrente,

teimosamente

lanço amarras

onde nada me prende...

 

ao longe,

uma estrela cadente

e mais mil a brilhar

num céu infinito e presente...

 

num olhar sereno,

ausculto a alma

e não vislumbro paz...

nada a satisfaz...

tanto luto..tanto enredo...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:26