Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


SONHOS

Sexta-feira, 16.05.08

 

Adormecemos sem mais,

sem um abraço, sem um carinho,

sem um beijo...

Cada um sonha sozinho

os amores que não teve,

e que desejava ter...

 

No vazio dos lençóis,

no quente ameno,

imaginamos posições,

recordamos situações,

sorrimos, coramos,

mas não brincamos...

 

Queria sorrir

sem mentir,

mas irias descobrir

que estou a agredir

sem querer

 

Mais um dia que começa,

e logo pela manhã a indiferença,

o passar ao largo

de um dia diferente,

quem sabe menos carente

 

Não tem jeito,

não vale a pena apostar

no que virou defeito,

não vale a pena cultivar o trigo

onde apenas nasce o joio,

no caminho que eu sigo...

 

Queria sorrir

sem mentir,

mas irias descobrir

que estou a agredir

sem querer

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:11