Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Em busca do Amor...

Sábado, 11.08.12

 

 

Um dia imaginei-te nua,

nua como os anjos,

como as estrelas no céu,

que quando fazem amor,

ninguém viu, ninguém percebeu...

 

E ao imaginar-te nua,

esses contornos suaves de teu corpo

trazidos pela luz da lua,

nesse quarto sem alma, sem nada,

na minha imaginação, eu te amava...

 

Riram os anjos e as estrelas,

e a lua, e os habitantes do paraíso

que liam meu pensamento,

dos desejos vividos no momento,

imaginando-te nua...algures no tempo...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 23:15