Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


PEDRAS NO MEU CAMINHO

Segunda-feira, 08.12.08

     

                          (da Net)

Mais um dia que amanhece,

calmo, e ao mesmo tempo cinzento.

Meu corpo mais uma vez  padece

de teu corpo,

e se entristece

quando não te vejo...

 

Percorro as pedras na calçada,

também elas gastas pelo tempo.

E, em cada pedra, uma historia mal contada,

um grito sufocado pelo vento,

um ai de agonia contida,

mas por ser pedra , não tem vida.

 

Também meu corpo se tornou pedra,

frio, gelado como a neve,

em que ninguém toca, ninguém se atreve,

nem um aconchego de passagem...

Também ele ficará gasto, carcomido,

e nem suas vestes de finos panos,

o encobrirão na ultima viagem...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:54