Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


escrever, o quê?

Terça-feira, 22.04.14

 

poderia escrever um poema

ou prosa com tons de poesia...

poderia escrever...

mas não escrevo...

aliás, nem sei qual o tema

a que me proporia,

tal o vazio no querer...

 

se eu fosse jardineiro,

falaria da beleza e do perfume

das flores, no canteiro...

 

se eu fosse artesão,

seriam as peças a falar

moldadas por minha mão...

 

se eu fosse dono do mundo,

talvez deixasse falar meu coração

no teu coração... só por um segundo...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:17

Prosas e Poemas...

Domingo, 11.11.12

 

 

ainda lembras das noites frias de inverno,

onde as horas ditavam o nosso tempo,

e o tempo era tudo o que restava

quando tão longínqua era a madrugada?

 

passaram dias, noites frias sem fim,

em mil prosas se teceram alegrias e fados,

poemas alinhavados, cânticos desvairados,

momentos que a memória teima em querer...

 

e cada novo dia é a esperança a renascer,

raios de sol sorrindo, mesmo que chovendo,

botões de rosa florindo, mesmo que morrendo,

porque morrendo de amor, o coração está a viver...



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 19:23

A Imagem num Poema

Sábado, 07.03.09

 

 

http://georgeyk.files.wordpress.com/2007/02/amor-perfeito.jpg

 

Meu Amor, como admiro teu escrever,

essa facilidade de deixares no papel

tua análise, que só tu consegues ver,

essa imagem "esculpida" sem cinzel...

 

E essa imagem não é real, verdadeira,

pois teus olhos, olhos enamorados,

vão "escrever" na tua subtil cegueira,

dons, beleza, tantos adjectivos errados.

 

Meu Amor, Meu Amor, olha para mim,

fecha teu coração e olha meu ser,

sente esta pele fria, meu coração "ruim"...

 

Não, não sou aquele "Amor Perfeito",

sou só eu, imagem  de meu querer

doce, terno, simples, mas com defeito

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 20:03

NUM POEMA...

Sábado, 29.11.08

 

 

Queria escrever,

e num só poema,

em frases curtas dizer

o que penso, qual o tema

que me faz viver,

a ordem das  coisas...

 

A minha ordem das coisas...

onde  o amor entra,

e tudo á sua volta se centra...

Onde eu não existo,

porque quem sofre por querer,

ou é louco ou nisso tem prazer...

 

Na minha inexistência (virtual)

ninguém vê meu sofrer,

meu coração dorido, do mal

que procurei, por querer,

onde via luz, felicidade,

tudo se apagou...oh ingenuidade...

 

Queria escrever,

e num só poema,

numa palavra dizer,

Amar é SOFRER..........

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 16:39

POEMA

Quinta-feira, 15.05.08

Pensei dedicar-te um poema,

versos que rimassem contigo,

e que ao lê-los

numa qualquer tarde há beira mar,

me fizessem recordar

momentos únicos,

momentos só nossos

com o mar por companhia

 

Mas não tenho arte nem engenho,

e todo o empenho

em cada palavra,

nada sai de bom,

não sei "falar" pelo coração,

nada sai perfeito,

não tenho mesmo jeito...

 

Por favor,

grava tua voz,

diz qualquer coisa,

mas não faças juras, promessas,

coisas que esqueças

com o andar do tempo.

 

E se na posteridade

nos encontrar-mos,

haveremos de falar,

rir, chorar,

das ilusões da idade,

da crise de identidade,

de vidas acabadas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 22:07