Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


1º PASSEIO DOS " 8 MAGNÍFICOS "

Terça-feira, 01.04.08

Alguém propôs um nome pomposo para o grupo: " 8 MAGNIFICOS ", que por sinal nem é único. Confesso que gostava mais do nome anterior (quando éramos apenas 4 sócios) e que tinha por graça (sem ofensas para ninguem) os " 4 CARALHOS ".

 

Pois bem, pela primeira vez resolveu o grupo por unanimidade, dar um passeio com as " sobras " dos registos e eventuais prémios do euromilhões, até Vila Real.

 

Confesso que gostei de lá ir novamente, e  apesar de o tempo não ser tão primaveril como se pensava, também não se portou mal.

 

Também é verdade que ir á boleia permite-nos ter outra ideia da viagem, que foi o que aconteceu.

 

Mas sobre Vila Real, gostei muito do rodízio no restaurante "Mateus", sem dúvida bem servido, e também bem acompanhado com o tinto Vila Régia (o Planalto como entrada também estava muito bom). Não esqueceremos também a gentileza do sócio que na véspera esteve de parabéns e que nos quis honrar com uma (só uma..) garrafa de champanhe (mesmo champanhe)

 

Como o tempo estava a portar-se bem (15 de Março não chovia), resolveu o grupo conhecer o Solar de Mateus. Penso que também foi unánime a admiração do Solar assim como dos seus belos jardins muito bem tratados.

 

  

             

 

 

             

 

Digam lá, não é um luxo?

 

   

            

            

 

 

                

 

 

Também foi interessante a cicerone que nos acompanhou na visita. Apesar de arranhar a "estrangeiro", tinha muita segurança nas informações que nos ía dando, assim como os relatos pitorecos de boatos e crenças que a história e as pessoas vão fazendo.

 

Também ali fiquei a saber a história de um famoso vinho Rosé que segundo a cicerone a receita desse vinho foi cedida pelo Conde de Vila Real a determinado empresário. Ora para nosso espanto, o tal vinho Rosé afinal tem receita o que a ser verdade poderá um dia ser copiado(??) - mas não, é mais um dos boatos...Um vinho não pode ter receita, quando muito obedece a determinados parãmetros que se criaram para esse vinho, e se for de colheita, então a mãe natureza também se encarregará de lhe dar algumas nuances.

Posto isto, só posso esperar por um novo passeio que se possível, mantenha a alegria e o convívio que se verificou em V.Real (no próximo levar máquina fotográfica digital, se possível com tripé)

NB: para que conste, as fotos devem-se ao nosso secretário, que como sempre, anda prevenido.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:58