Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


meu mundo...

Terça-feira, 27.05.14

 

 

subtilmente abres as portas do meu mundo,

lado a lado com a inocência no olhar,

e é nesse olhar, sereno e profundo,

que me questionas, sinto-o, e mesmo sem falar

lês todo um ser, como se um livro aberto...

 

nada escondo, e de te sentir tão perto

baralham-se minhas contas, o atrevimento

renasce, florescem, incendeiam-se mil ideias

numa mente que te despe no momento,

e me encanta, como se embalado por mil sereias...

 

ouço o mar, a espuma se sumindo no areal,

outros ruídos, tentativas de afastar meu medo,

dúvidas...e nesta guerra, minha, invento um sinal,

armadilhas, se invadirem meu refúgio, meu rochedo...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:49

Como se fosses uma Sereia...

Segunda-feira, 18.06.12

 

 

De que semente, ou gota nasceste,

de que embrião foi feito teu ser,

se é tanta a beleza que te veste,

se é tanta a beleza num corpo de mulher...

 

E o sol tenuemente te beija,

as gotas do mar te refrescam,

e quem passa, se morde de inveja,

mas quem fica, mil desejos inquietam...

 

Altiva, passeias-te pelo areal,

e tua sombra, algo que eu posso tocar,

faço-a minha, ainda que virtual,

e minha és em cada momento, a sonhar...

 

Oh bela e inacessível feiticeira,

oh sereia dos sete mares amante,

quanto me fazes vibrar nesta canseira,

e em quantos mares farás de mim navegante...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:23