Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


no silêncio...

Quarta-feira, 11.09.19

inverno.jpg

estão caladas as árvores

e a relva e todo o mundo em redor.

não adianta fazer de conta,

nem esperar que o pássaro cante na gaiola.

este silêncio, é o meu mundo

onde o silêncio é dono e senhor...

sabes, talvez seja sinal dos tempos,

deste inverno cinzento que pesa

e nos arrasta pelas ruas,

ou da voz que se perdeu,

que se acanha nos momentos,

ou apenas seja um sinal,

sinal de que tudo o vento levou

por entre a abertura dos dedos...

imploro por ti, primavera,

pelo céu azul e brisa fresca no rosto,

pelos cheiros, pelos verdes prados,

pela ilusão de uma nova era,

por um beijo ardente (uma quimera),

até lá, talvez hiberne...

sabes, não adianta fazer de conta...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 16:11

vazio...

Domingo, 14.08.16

livro.jpg

 

inquieta-me o silêncio,

o nascer e o findar do dia,

o azul provocador do mar...

intocáveis, atravessam-nos a alma,

arrepiam-nos, fazem-nos sentir

janelas sem vidros,

livros abertos, sem segredos,

sem inicio nem fim...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:15

cores do silêncio

Sábado, 26.03.16

 

branco.jpg

 

pintei de branco as paredes de meu corpo,

como se fossem de pedra, rude, dura,

pintei de negro todas as divisões de minha alma,

onde não entra luz, nem sonho, nem ternura.

quem olhar, nem vai notar...

tão fácil enganar, quem vê sem olhos de ver...

tão difícil enganar, quem ousar escutar

o silêncio, as paredes frias de meu ser...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 20:21

no silêncio...

Sábado, 22.11.14

 

 

inquietante o silêncio das coisas,

das pedras do caminho,

das árvores que me rodeiam...

 

finjo não ouvir...

o silêncio por vezes diz coisas

que matam como facas afiadas,

ou tão difíceis de entender...

 

quem quer contar até três,

olhar o céu, admirar as estrelas,

sorrir, sim, sorrir

e aos pinotes pensar que voa?

 

tonto, irreverente, inconsequente...

lá fora mora a noite, escura como breu,

e no céu... não há estrelas no céu...

apenas o luto por quem está ausente...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:03

outros sons...

Sexta-feira, 31.10.14

 aos meus ouvidos, no silêncio,

soam frases intemporais,

versos que rasgam os sentimentos

e lhes retiram das entranhas

tudo o que de belo canta o amor

 

felizes os "tocados" pelo dom,

que sendo grandes, sofrem na dor,

carregando dentro de si

um bater mais forte do coração...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:15

outras vozes...

Segunda-feira, 25.08.14

 

 

 

a pouco e pouco, construí degraus,

escada para me levar ao fim do mundo...

e fui subindo, subindo, até encontrar o silêncio,

a voz que me fala em tom profundo

que só minha alma sabe entender....

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:59

sons do silêncio....

Domingo, 06.07.14

 

 

 

 

falas para mim na neblina do amanhecer,

na chuva que cai na manhã de verão,

falas para mim, mas eu não vou ouvir,

tudo se vai apagar apenas com um raio de sol.

 

queria te ouvir, como ouço o silêncio

e todas as palavras que invento,

queria te ouvir como a brisa que passa,

ou o singelo voar da libelinha...

 

fecho o livro das imagens e das palavras,

dos sonhos (ai os sonhos..) e dos sorrisos,

das lembranças e da esperança

que do pensamento sumiu, e jamais alcança....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 19:20

apenas eu... e o silêncio...

Sábado, 24.05.14

 

 

remete-se ao silêncio,

ouvindo o silêncio,

os sons da alma...

 

tão claro o silêncio,

tão visível,

tão transparente...

 

mede cada palavra,

cada sílaba,

e sente o que sempre sentiu...

o silêncio não mente.

 

olhos nos olhos,

o silêncio entre os lábios

e o sentir do bater do coração...

a alma lê... a alma sente....

 

tão claro o silêncio,

tão visível,

tão transparente...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 16:52

no silêncio...

Sábado, 03.05.14

 

 

 

em vão troco as voltas ao pensamento,

ao diluir das palavras já gastas,

como se as histórias não se perdessem no tempo

e ficassem só os títulos, amarrotados nas pastas...

 

num ápice, um turbilhão de momentos,

os olhares que liam a alma, os beijos que nos uniam

num só corpo, e que de tanto amor sedentos,

tudo parava, como os anjos previram e queriam

 

faz tanto vento lá fora nesta manhã de sol e cor,

e tudo aqui é silêncio... veste-se de luto o meu amor...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 11:22

triste o silêncio..

Terça-feira, 01.04.14

 

 

quão triste o silêncio

e o bater frouxo do coração,

quão triste a recordação

e todas as lembranças,

que o silêncio não consegue esconder...

 

e cada texto meu,

cada verso, seria uma canção,

música sem refrão,

soletrado pelos lábios teus

ao encontro dos lábios meus...

 

ai amor dos meus sonhos,

encanto de todos os encantos,

quão triste e tantos os prantos

que o silêncio não consegue conter,

viva eu na esperança de nunca te perder...

 

deixa-me dizer-te baixinho

por entre teu colo, em segredo,

palavras banhadas em lágrimas pelo medo,

de que para sempre vou te amar,

eterna angústia de tanto, tanto te amar...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:32