Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O PRINCIPIO DE TUDO

Domingo, 23.11.08

 

 

 

 

                 

                                           (da Net)

Parto em busca do nada, sendo o nada, Tudo.

Abro meu coração, minha mente

e mesmo não Te vendo, Estás presente...

Olho á minha volta, em cada árvore, em cada flor,

em cada pessoa, em cada sorriso ou dor,

Tu estás ali, És  o principio de tudo...

 

Sigo estrada fora, e na planície o trigo rodopia,

qual momento alegre, esperando a magia,

a hora da apanha, criação divina...

No ar, os pássaros esvoaçando

esperando seu tempo, cantarolando

como que agradecendo a oferta...

 

E a flor mais silvestre se abre para Ti,

de mil cores se veste e sorri...

As árvores crescem, crescem,

de folhas mil se vestem,

e seus frutos de aromas mil,

Te oferecem, e agradecem...

 

Em cada Igreja, ou Templo menor,

as pessoas agradecem a dádiva, o amor,

Te pedem ajuda, protecção,

Se humilham, Te pedem perdão.

Sentem que Estás ali, presente,

mesmo parecendo ausente...

 

Também eu Te peço perdão...

Sim, eu sei, meu caminho errante

me faz ausente, e mereço Teu sermão,

Teu reparo, ainda que doravante

eu prometa mudar (como tantas vezes prometi)

me ajuda...mesmo se menti....

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 18:50